Preparar-se para uma consulta médica pode ajudar a aproveitar melhor o tempo no consultório e a esclarecer todas suas dúvidas

Consultar um médico é, em geral, sinal de que a saúde não está bem em algum aspecto. Por isso, é essencial que o tempo disponível para diagnosticar o problema seja melhor aproveitado possível. Na hora da consulta, é comum surgir um certo nervosismo capaz até de provocar esquecimentos, impedindo que o paciente tire todas as suas dúvidas.

Em virtude disso, é importante preparar-se para a consulta: pense sobre o que você quer perguntar, suas queixas e preocupações. Se achar necessário, faça uma lista com alguns tópicos que podem ajudar no diagnóstico, como:

• O que sente e desde quando os sintomas estão presentes;
• Se mais alguém na família sofre com algo parecido;
• Se usa medicamentos;
• Se tem alguma alergia.

Provavelmente o médico irá pedir essas informações a você, então, prepare-se para ter a resposta na mesma hora e, assim, otimizar a consulta. Além disso, é importante que você saia do consultório com tudo esclarecido. Pensando nisso, elencamos algumas perguntas que não podem deixar de serem feitas e que podem gerar dúvidas caso você esqueça de fazê-las:

• Qual é a causa do que sinto?
• A doença pode afetar o meu futuro? Como?
• Há risco de mais complicações?
• Em virtude da doença, devo mudar meu modo de vida de alguma maneira?
• Como o exame é realizado e quando o resultado ficará pronto?
• Posso usar o medicamento genérico?
• O que devo fazer se esquecer de tomar o remédio na hora determinada?

Tenha certeza também de que entendeu como os medicamentos devem ser tomados e lembre-se de conversar com seu médico antes de interromper o tratamento.

Fonte: Programa de Medicina Preventiva da Federação das Unimeds do Estado de Santa Catarina. Autor: Taise de Queiroz Bertoldi.

Leave A Comment

Proposta de Filiação Clínico
×